Cupins subterrâneos: métodos de prevenção

Prevenir uma infestação de cupins implica em se limitar o acesso desta praga ao ambiente e erradicar a disponibilidade de fatores que permitam sua sobrevivência. Estes fatores são: alimento, umidade e abrigo.

Via de acesso dos cupins:
1 – Através da revoada de alados: os cupins adultos possuem asas e estão prontos para a reprodução. Quando encontram a temperatura e umidade adequada, saem em revoada para formar um novo ninho.
2 – Através de madeiras já infestadas.
3 – Através de frestas e rachuras.

Fatores que favorecem o ataque:
1 – Enterro de entulhos.
2 – Espaços entre estruturas.
3 – Solos orgânicos (com raízes abaixo das construções).
4 – Árvores cortadas ou agredidas (mal podadas).
5 – Condições de umidade.

Outras medidas preventivas:
Existem ainda, uma série de medidas que podem ser consideradas preventivas do ataque de cupins de madeira seca, a saber:
a – Uso de madeiras tratadas durante a construção do imóvel ou montagem dos móveis.
b – Colocação de telas (20 mesh) para prevenir a entrada de alados nas áreas internas da estrutura.
c – Uso de madeiras naturalmente mais resistentes.
d – Proteção da superfície exterior das madeiras com tintas, vernizes ou outras coberturas  apropriadas, com o objetivo de tapar frestas e ranhuras onde os cupins possam se alojar.

Fonte: http://www.pragas.com.br/pragas/cupim/cupins_sb_mprevencao.php