As principais pragas do ramo industrial e como combatê-las

Nos últimos anos, o setor industrial vem se destacando no combate de pragas. De uma forma mais específica, nas indústrias cujo foco está nos setores alimentício, de higiene e medicamentos isso ocorre com ainda mais força, já que elas precisam obedecer a rígidas regulamentações, auditorias e inspeções de padrões internacionais, necessitando assim intervenções de controle.

Considerando ainda que o controle de pragas auxilia a indústria a se manter livre de agentes de contaminação para não comprometer a qualidade de seus produtos e serviços, é fundamental utilizar o novo ano para planejar o calendário de combate às pragas.

Como montar o calendário de controle de pragas

Levando em conta que o ramo industrial é bem abrangente em segmentos, o indicado é que a prevenção de pragas seja feita em combos. Para isso, a melhor forma está na contratação de uma empresa especializada, como a Uniprag, que irá avaliar quais as necessidades do local e como fazer isso da melhor forma e com a máxima eficiência.

Além disso, é importante ter em conta que o controle de pragas consiste em uma ação de manutenção constante, visto que não há como extinguir as espécies. Então, a melhor forma de ter eficiência no processo é ter o controle de pragas feito mensalmente.

Controle de pragas no outono/inverno

O controle de pragas no outono/inverno é importante pois possibilita ter um sistema de prevenção em sua indústria. Isso acontece porque o maior aparecimento de pragas urbanas ocorre no verão, possibilitando assim que a adoção de medidas preventivas e corretivas no outono e no inverno tornem o controle de pragas muito mais eficiente. Aproveite as temperaturas mais amenas para contratar uma empresa especializada que trabalhe em eliminar possíveis criadouros e evitar a reprodução de pragas.

Além disso, esse é considerado um bom momento para cuidar de reservatórios de água já que o consumo é menor, o que acaba por impactar menos os usuários.

Controle de pragas na primavera/verão

Com a chegada das temperaturas mais altas do verão, o bicho pega – literalmente. Mesmo com a ação preventiva do inverno, os serviços de controle de pragas devem ser monitorados mensalmente. A importância de iniciar esse controle ainda no verão está no fato de que o calor, somado ao aumento da umidade do ar, estimula as atividades reprodutivas de insetos e outros animais que podem se tornar pragas, provocando sua proliferação.

Entre os serviços mais procurados nesse período está a desinsetização de baratas e a desratização.  Para ambos é fundamental que uma empresa especializada seja contratada. Isso garante que os procedimentos e produtos utilizados para os serviços sejam autorizados pelo Ministério da Saúde e não causem nenhum tipo de dano à saúde dos funcionários nem ao meio ambiente.

Com a chegada da temporada de chuvas de verão é preciso redobrar o cuidado com a proliferação de ratos, que se escondem em esgotos e tubulações devido ao intenso calor e, com a chuva, procuram outros locais para se instalar, podendo invadir sua indústria. O processo de desratização é fundamental para evitar focos de transmissão de leptospirose.

A desratização feita por empresas especializadas tem como objetivo descobrir a espécie infestante e determinar a melhor estratégia. Para isso, é feito um estudo no local a fim de verificar a espécie a ser combatida. Também são fornecidas orientações sobre hábitos que podem melhorar a prevenção.

Controle de pragas no cronograma da empresa: uma obrigação sanitária

É comum que indústrias, principalmente dos ramos alimentício, farmacêutico e de higiene sofram inspeções surpresa da vigilância sanitária. Por isso, insira o controle de pragas de forma periódica no seu negócio para que a documentação esteja sempre regularizada caso seja preciso apresentá-la em alguma ocasião.