6 dicas para manter sua indústria em dia com a Anvisa

Os primeiros meses do ano tendem a ser um período marcado, em vários segmentos, por adequações e ajustes antes de retomar as atividades com força máxima. Algumas dessas medidas a serem tomadas são ações que deixem a indústria ou empresa de acordo com normas e regulamentos. No ramo industrial, a vigilância sanitária costuma realizar visitas sem aviso prévio com a finalidade de inspeção.

Apesar de tirar o sono de alguns empreendedores, estar em dia com a Anvisa não é nenhum bicho de sete cabeças. Com um check list de seis dicas você pode iniciar esse processo hoje mesmo. Confira:

1) Atente para o armazenamento

Um dos principais pontos a serem considerados em uma indústria que busca estar de acordo com os padrões da Anvisa é atentar para onde está localizado o depósito em que os componentes são guardados. É importante que as prateleiras estejam afastadas do piso e da parede. Não é recomendado que componentes de produção sejam depositados diretamente no solo.

Certifique-se de que produtos de composição muito diferentes sejam armazenados separadamente, como por exemplo produtos de limpeza isolados de itens alimentícios.

2) Invista no controle de pragas

Para cumprir os padrões da Anvisa é imprescindível que sua indústria passe por desratização e desinsetização (dedetização de insetos), no mínimo a cada seis meses. O processo de controle de pragas deve ser feito por empresas especializadas e credenciadas. Além disso, é importante investir para que janelas, portas e demais aberturas contenham um sistema de proteção contra a entrada de vetores ou pragas.

3) Não negligencie seus funcionários

Além de fornecer uniformes adequados para o manuseio na indústria, é importante que haja um controle de saúde dos funcionários. Pessoas que apresentem algum sintoma de doença contagiosa que possa gerar uma contaminação devem ser afastadas imediatamente. Roupas e acessórios de uso no ambiente de trabalho devem seguir padrões rigorosos de higienização.

4) Cuide da água

É recomendado que empresas e indústrias disponham de reservatórios de água dotados de tampa, sem vazamentos ou infiltrações. Além disso, é importante que estes fiquem distantes de materiais que possam desenvolver algum tipo de contaminação.

5) Descarte resíduos adequadamente

Os resíduos resultantes da produção precisam ser destinados a um setor isolado. Além disso, é recomendado que o recolhimento dos resíduos seja feito por empresa autorizada. Esse cuidado evita que haja ação de animais, vetores e pragas.

 6) Tenha a documentação atualizada e sempre à mão

Em caso de inspeção da Anvisa, é um procedimento padrão que sejam solicitados documentações e alvarás relacionados ao armazenamento e procedência de seu produto. Por isso é recomendado que essa documentação, atualizada, seja mantida em um único lugar com acesso liberado para as pessoas que possam vir a precisar lidar com esse tipo de situação.